segunda-feira, 20 de abril de 2009

Depoimentos de Vítimas do Bullying


Projeto Sobre Bullying no Bairro da Macaxeira

Autor: Profº Francisco Alexandrino de Oliveira Neto


Período: 08/02/03 a 26/03/03


Relatos

Eu já sofri muito bullying na minha vida. Na escola, na rua e por todo o canto que passava. Quando eu ia pra escola tinham uns meninos que me chamavam de “macaco”, me desprezavam por minha cor. E isso me irritava tanto que eu chegava até bater neles. Na rua os meus colegas ficavam me chamando de “frango”, de feio, de otário, pensando que eu era besta. Mas de besta eu não tinha nada. É por isso quando os boys tentam tirar onda comigo eu baixo o pau neles. Apesar que isso não me satisfazia... Era mais no momento da raiva. Mas eu vou fazer o que? Tenho que impor respeito. Eu peço a todas essas pessoas que deixem disso pois isso não leva ninguém a nada.
Elimário José da Silva

Aconteceu com um amigo meu. Ele todo dia dava no amigo dele na escola. Ele começava a rejeitar ele. Brincava e quando o amigo dele pedia para brincar ele “morgava” o jogo e deixava o menino muito triste. Mas no dia os outros meninos começavam a rejeitar ele como ele rejeitava o ex-amigo dele. Ele provou do próprio remédio.
Douglas 42E

O meu bullying foi com o professor Paulo. Ele me chamou de doido na frente de todo mundo. Mas não foi só uma vez. Mais e mais vezes me chamou de “Sem Noção”. Isso ninguém queria escutar de nenhum professor. Às vezes ele passava uma tarefa de um livro sem a gente ter estudado. Mas ninguém ficou calmo. Todo mundo ficou lá fora e chamou Graça[1] e depois de uma semana ele não deu mais aula a sala da gente e eu fiquei alegre.
Diego


Vou falar agora sobre uma menina que era muito humilhada só porque o cabelo dela é crespo e ela tem umas feridas na perna. Ela era muito abusada. Chamavam ela de quenga, bia-da-jaca e várias outras coisas que ela não gostava. Por isso ela saiu de onde ela morava para outro lugar porque ela não gostava mais de ser abusada. Por favor quem sofre bullying denuncie! Não fique sem falar.
Aline Gomes de Lima

Vou falar de um caso de bullying que aconteceu na escola que eu estudava na 3ª série.
Uma menina que se chamava Suzana sofria uma violência constantemente, pois a garota tinha os cabelos um pouco crespos e todos os dias as garotas chamavam ela de cabelo-de-tuim, cabelo de cuscuz , piolhenta, cabelo-de-esconder-pulga. Essa garota era muito humilhada pelos colegas de classe. Muitas vezes ela chegava a chorar de tanta humilhação. A garota saiu da escola e nunca mais foi vista.
Rayssa Estefanny

Olá, meu nome é Rakechy, aluna da 32B. Estou escrevendo um caso chamado bullying verbal. Eu já vi muito bullying verbal, físico , etc., sobre uma menina que todo dia de noite ia na praça brincar. Toda vez que os meninos viam ela, chamavam eka de “mijona” e “cabelo de tuim”, etc. Ai ela deixou de ir lá por causa disso.
Rakechy 32B

Eu me lembro de vários casos de bullying. Um deles foi quando eu estudava do pré a primeira série. Um aluno da sala onde eu estudava era muito humilhado todo dia de “peidão”, “cabelo de tuim” e muitos outros apelidos. Era muita humilhação. Eu vou citar outro caso com uma menina. Ela era chamada de “piolhenta”, “macaca”, “carvão”. Outra coisa ridícula da parte dos alunos que abusavam tanto ela quanto o menino que falei.
Messias Luiz Henrique 32B

Olá! Eu sou Lorena e estou aqui para falar de um caso de bullying. Falando de um colega meu que todas dizem que ele é gay. Todos os dias os garotos da minha rua abusam ele de várias coisas horríveis. Por exemplo: “frango”, “boiola”, “fresco”, “gay”, “dorme na caixa” e várias outras coisas. Ele fica tão triste que às vezes ele chorava. Um dia ele vinha andando e as meninas fizeram um corredor e quando ele passou as garotas deram nele. Ele com medo pediu a mãe dele para nunca mais ir a escola e nem sair de casa. Ele ficou tão traumatizado que ele e sua família se mudaram. Seu nome era Tel. Essa é a minha redação sobre bullying.
Lorena Thais da Costa Batista da Silva 32B

Eu tinha uma colega chamada Mikaele. Ela tem o cabelo crespo e por isso ela era chamada de “cabelo-de-cuscuz”. Todos os dias dentro da sala de aula e até na hora do recreio. Isso era desprezível porque isso não se faz com ninguém. Tinha dia que ela chegava a chorar. Por causa disso ela saiu da escola, porque ela não agüentava mais e por isso ela saiu da nossa escola. Eu gostava muito dela, mas eu não posso fazer nada... A vida é assim “cheia de altos e baixos”.
Kaynara de Souza 32B


Quando eu era segunda série eu presenciei um caso de bullying. Foi comigo. Eu usava óculos e alguns alunos da sala de aula tinham um costume que sempre que me viam me chamavam de quatro olhos. Eu ficava com raiva e dizia a professora. Ela reclamava, mas não adiantava. Até que um dia resolvi parar de usar óculos. Minha mãe mandava eu ir para a escola com os óculos. Minha avó me levava para a escola, mas quando eu chegava na sala de aula eu tirava os óculos quando saia botava de novo, depois eu parei de usar até hoje. Agora minha mãe quer comprar outro. Eu vou usar. Agora de vez em quando me chamam de gorda ou baleia.
Isabelle Christine Araújo

Tinha uma menina, que sempre que ela ia pra escola as meninas puxavam o cabelo dela. Elas diziam que o cabelo dela era ruim. E todo santo dia era assim. Ela abusavam a menina e a menina ficava muito triste. Ela dizia pra mãe e o pai dela. Eles foram na escola, falaram com a diretora e com as meninas. Mas não adiantou. As meninas continuaram a xingar e a puxar o cabelo da menina e ela passou um mês sem ir para a escola. Ela pedia muito para sair da escola, mas estava na metade do ano e a mãe dela não queria botar ela em outra escola. A menina continuou a ir para a escola e elas continuaram. Passou uma semana e a mesma coisa. Na próxima a menina não agüentou mais e quando chegou em casa ela se suicidou .
Gabriela Stefane de Freitas

Eu tinha uma amiga chamada Mikaelly. Todo o dia que ela chegava na escola os meninos esculhambavam ela . Chamavam ela de: “cabelo-de-cuscuz”; de “perna podre”, porque a unha dela estava encravada; e de “Olívia Palito”, porque ela era muito magra. Ai ela cansou de ser esculhambada e saiu do colégio porque ela estava cansada de ser maltratada pelos colegas.
Diana Maria 32B

[1] Graça é a professora que trabalha como apoio pedagógico durante o turno vespertino.
humilhada pelos colegas de classe. Muitas vezes ela chegava a chorar de tanta humilhação. A garota saiu da escola e nunca mais foi vista.
Rayssa Estefanny

Olá, meu nome é Rakechy, aluna da 32B. Estou escrevendo um caso chamado bullying verbal. Eu já vi muito bullying verbal, físico , etc., sobre uma menina que todo dia de noite ia na praça brincar. Toda vez que os meninos viam ela, chamavam eka de “mijona” e “cabelo de tuim”, etc. Ai ela deixou de ir lá por causa disso.
Rakechy 32B

Eu me lembro de vários casos de bullying. Um deles foi quando eu estudava do pré a primeira série. Um aluno da sala onde eu estudava era muito humilhado todo dia de “peidão”, “cabelo de tuim” e muitos outros apelidos. Era muita humilhação. Eu vou citar outro caso com uma menina. Ela era chamada de “piolhenta”, “macaca”, “carvão”. Outra coisa ridícula da parte dos alunos que abusavam tanto ela quanto o menino que falei.
Messias Luiz Henrique 32B

Olá! Eu sou Lorena e estou aqui para falar de um caso de bullying. Falando de um colega meu que todas dizem que ele é gay. Todos os dias os garotos da minha rua abusam ele de várias coisas horríveis. Por exemplo: “frango”, “boiola”, “fresco”, “gay”, “dorme na caixa” e várias outras coisas. Ele fica tão triste que às vezes ele chorava. Um dia ele vinha andando e as meninas fizeram um corredor e quando ele passou as garotas deram nele. Ele com medo pediu a mãe dele para nunca mais ir a escola e nem sair de casa. Ele ficou tão traumatizado que ele e sua família se mudaram. Seu nome era Tel. Essa é a minha redação sobre bullying.
Lorena Thais da Costa Batista da Silva 32B

Eu tinha uma colega chamada Mikaele. Ela tem o cabelo crespo e por isso ela era chamada de “cabelo-de-cuscuz”. Todos os dias dentro da sala de aula e até na hora do recreio. Isso era desprezível porque isso não se faz com ninguém. Tinha dia que ela chegava a chorar. Por causa disso ela saiu da escola, porque ela não agüentava mais e por isso ela saiu da nossa escola. Eu gostava muito dela, mas eu não posso fazer nada... A vida é assim “cheia de altos e baixos”.
Kaynara de Souza 32B


Quando eu era segunda série eu presenciei um caso de bullying. Foi comigo. Eu usava óculos e alguns alunos da sala de aula tinham um costume que sempre que me viam me chamavam de quatro olhos. Eu ficava com raiva e dizia a professora. Ela reclamava, mas não adiantava. Até que um dia resolvi parar de usar óculos. Minha mãe mandava eu ir para a escola com os óculos. Minha avó me levava para a escola, mas quando eu chegava na sala de aula eu tirava os óculos quando saia botava de novo, depois eu parei de usar até hoje. Agora minha mãe quer comprar outro. Eu vou usar. Agora de vez em quando me chamam de gorda ou baleia.
Isabelle Christine Araújo

Tinha uma menina, que sempre que ela ia pra escola as meninas puxavam o cabelo dela. Elas diziam que o cabelo dela era ruim. E todo santo dia era assim. Ela abusavam a menina e a menina ficava muito triste. Ela dizia pra mãe e o pai dela. Eles foram na escola, falaram com a diretora e com as meninas. Mas não adiantou. As meninas continuaram a xingar e a puxar o cabelo da menina e ela passou um mês sem ir para a escola. Ela pedia muito para sair da escola, mas estava na metade do ano e a mãe dela não queria botar ela em outra escola. A menina continuou a ir para a escola e elas continuaram. Passou uma semana e a mesma coisa. Na próxima a menina não agüentou mais e quando chegou em casa ela se suicidou .
Gabriela Stefane de Freitas

Eu tinha uma amiga chamada Mikaelly. Todo o dia que ela chegava na escola os meninos esculhambavam ela . Chamavam ela de: “cabelo-de-cuscuz”; de “perna podre”, porque a unha dela estava encravada; e de “Olívia Palito”, porque ela era muito magra. Ai ela cansou de ser esculhambada e saiu do colégio porque ela estava cansada de ser maltratada pelos colegas.
Diana Maria 32B

90 comentários:

  1. fui vitima de bullying quando me mudei de escola, eu estava na 3ªserie e por ser estrangeira os colegas gostavam de me avacalhar e rir de mim por ter sutaque espanhol.Com isso eu fui me fechando, já não falava mais com ninguem.Eu era feliz só em casa.Nunca passou pela minha cabeça dizer aos meus pais o que acontecerá comigo, porque não queria armar "barraco".Quando me mudei de cidade senti uma alegria tão grande!!As pessoas são legais e me tratam bem e não encontram motivos para me humilhar, isso me deu forças para viver o que já não havia a muito tempo e hoje estou discutindo este tema com meus colegas para refletir e ver que o bullying não é nada mais do que uma maneira de não sentirse rebaixado e não assumir a realidade da situação qurendo assim se aparecer.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Eu to sendo vítima de bullying em pleno curso de mestrado de uma universidade federal por colegas liderados por uma senhora (isso mesmo uma senhora) que tem filha quase da minha idade e que é aluna de doutorado. Na sala de aula e nos intervalos, reune os colegas e me exclui, faz fofoca e ri, pelo simpes fato de eu ser tímida e conversar pouco. É uma vida muito sofrida, não aguento mais.... :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. poois vc nao deveria nem ligar pelo fato de vc ser timida nao e motivos de pirraça ingnorem ....

      Excluir
  5. estou fazendo um trabalho em classe e estamnos falando do bullying e cyberbullying , pois são realidades muitos presentes nesse mundo cada vez mais tecnologico e o nosso principal objetvo é mostrar que esse tipo de problema deve acabar pois ele não é uma simples brincadeira ,mas sim um desacato a pessoa que sofre essas odenças afinal , ninguÈm é igual e cada um tem o dever de respeitar as diferenças , manias e escolhas do proximo .

    ResponderExcluir
  6. meu nome é taise eu já vi muitos casos de bullying,até mesmo comigo isso já aconteceu quando estava no seguando ano na escola as meninas que estudavam comigo me enchiam de apelidos essas atitudes deixam marcas pra vida toda , pois hoje tenho doze anos de idade e não me esqueci mas temos que evitar tendo respeito e educação...

    ResponderExcluir
  7. Existem vários tipos de bullying, todos tem seus problemas, que muitas vezes vai se propagando. Poucas vezes ele diminue, quase nunca.

    A verdadeira pessoa que é forte, não é só aquela que sempre acha soluções, mas sim aquela que valoriza o amigo e reconhece o verdadeiro valor da amizade. Procure a melhor solução desde quando você nasce. Débora.

    ResponderExcluir
  8. Eu va observei e vi varios casos de bullying em:festas,e na escola em que eu estudo.
    Mas nunca fui uma das vitimas de bullying em nem um lugar.exemplo de bullying em minha escola:amigos e amigas minhas.

    ResponderExcluir
  9. Eu já vi muitos casos de bullying na minha escola como por exemplo:apelidos,brigas...
    Mas nunca fui vitima de bullying,sempre fui diferente mas todos tem as suas diferenças.Nem por isso temos que julgar as outras pessoas pela:aparência,porque as vezes as pessoas são legais mais ninguen sabe ver isso.
    cada pessoa tem seu lado bom e ruim da vida.Por isso vamos tentar mudar isso!!!

    ResponderExcluir
  10. PESSOAS QUE PRATICAM BULLYING , NÃO LEVAM A PAZ ,POR ISSO TODAS AS PESSOAS SÃO VITIMAS DESSA BRINCADEIRA DE MAL GOSTO, QUE ENFRENTAM BARRAS PESADAS.NÃO PRATIQUEM BULLYING.

    ResponderExcluir
  11. eu estou fazendo um trabalho de classe sobre o bullying,e me toquei que meus colegas sempre me acham um pouco estranha,já que tem dias que eu converso muito na aula,e dias que eu quero ficar sozinha no meu canto,presa nos meus pensamentos!
    mas eu sou assim e não vou mudar!

    ResponderExcluir
  12. Assim como muitas pessoas eu já sofri com isso.
    Mas todo dia, quando chego na escola, vejo que hoje, não sou eu quem sofre, e sim muitos amigos.
    até hoje tem gente que quer me fazer sofrer com isso, mais não consegue, e isso graças aos amigos que tenho

    ResponderExcluir
  13. Olá, na escola onde estudo, há uma garota que muitos garotos tiram sarro dela, dizem que ela parece o "capeta", que ela nunca vai encontrar um namorado porque ela é feia, as vezes ela briga com eles, mas mesmo assim continuam a fazerem isso com ela, estudo com ela a 4 anos e queria poder ajudar ela, pois percebesse que ela é uma pessoa infeliz com isso, o que posso fazer por ela?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi,sou Ana Luiza
      não tenho muita experiencia,nunca sofri bullying mais eu tenho uma amiga que sofre e eu não aguento ver ela sofrer bulliyng mais,então vou te dar uma dica tenta conversar com os pais dela e se não resolver ou se ela não querer ,converse com ela tenta ser amiga dela e tente encoraja-la para que siga em frente e não ligue pra o que os outros estão dizendo.Então ate mais
      um Beijoo

      Excluir
  14. paola de porto alegre-rs
    Bom eu estudo num colegio publico estadual que se chama Escola Estadual de Ensino Medio Padre Reus que se localiza na av. otto Niemeyer bairro tristeza, nossa escola a muito tempo tem varios projetos anti-bullying , ja teve repercuçao regional. é muito importante ve que aqui via internet a muitas pessoas como nós que queira acabar com o bullying .
    Eu e o meu grupo escolar estamos fazendo um site sobre isso , gostaria de pedir a permissão de poder pegar os relatos desse blog para divulgar no site , e mostrar que bullying não brincadeira e que aqui na minha cidade ja foi instituida uma lei anti-bullying que nao é uma lei que condena mas que previne , por favor responder para o meu email : lolamoralles@hotmail.com
    mt obrigado :D

    ResponderExcluir
  15. http://bullyingchega.webnode.com.br/ da uma olhadinha aii , se tiver algum relato sobre bullying pode descrever no nosso site :D

    ResponderExcluir
  16. .eu estudava nunca escola . qê tinha uma menina qê ela sofriao bullying . Tinha uns amigos meus qê ficavam chamando a menina de "xerox" pqê ela era muito feia , eles escrevian no quadro e em varios lugarees ate qê um dia ela começou a chorar e a professora chamou e diretora para resolver a diretora brigou com eles e ela os desculpou agora eles espero não zoam mas ela.
    Thaais 123

    ResponderExcluir
  17. Affs eu achu q vcs deveriam parar de brincar com coisa seria aposto q nenhum de vcs sofreu bullying pq o dia q acontecer com vcs lembrem -se deste comentario e q vcs mesmo postaram bando de crianças..

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. so tem ptario fazendo comentario isso é coisa seria eu sofro de bulluying quase todo dia

    ResponderExcluir
  20. Tinha uma amiga minha que se chamava lorena , e ela era acima do peso...
    Uns meninos ficavam zoado dela só pq ela era gordinha...
    tve um dia que começaram a chamar ela de bola de boliche..
    Mto mal

    ResponderExcluir
  21. Durante 8 anos do meu ensino fundamental eu sofri bullying.
    Era atormentada por meninos infantis só por que eu era estranha e não me vestia bem.
    Me chamavam de cabelo-de-urso ,zoio-de-burca, etc.. entre muitos. Era quase sempre na frente de todo mundo para eu me sentir muito humilhada e eles se sentirem melhor.
    Eu me lembro também deles terem muita platéia, que os achavam o maximo por eles fazerem aquilo.

    Me fizeram pegar ódio da escola, eu perdia totalmente a vontade de ir para escola, perdia o interesse pelas matérias.Até que eu me formei e mudei de escola, e la eu conheci amigos de verdade, que me julgavam por quem eu era e não pela minha aparencia.
    Me dediquei melhor a mim mesma , superei tudo isso, tanto que este ano fui eleita Miss Estudantil da minha cidade.
    Por isso, eu peço a todos que sofrem bullying, que denuncie, que contem a sua historia, pois infelizmente isso nunca acabará sozinho.

    ResponderExcluir
  22. muito om o blog. Gostaria de saber de onde é, de qual esola, de qaul instituição, por favor entrar em contato: macielbjos@hotmail.com

    ResponderExcluir
  23. Muito bom o BLOG, gostaria de saber d eonde é, aq uer instituição pertence, favor entrar em contato, macielbjos@hotmail.com

    ResponderExcluir
  24. meu nome e tamires eu tenho 10 anos e gosto de beijar na boca e dai que vc tem esse bullyng eu sou comtra esse falatorio de bullying

    ResponderExcluir
  25. OLA, AS VEZES SOFREMOS ESSE TIPO DE AGRESAO , PESO QUE NAO JOGUE SUA VIDA FORA ENTRANDO EM DEPRESSAO , TRISTEZA....LEMBRE SE JESUS MORREU NA CRUZ PRA Q NAO SOFREMOS, QUANDO ESTIVER PASSANDO POR ISSO BUSQUE A HISTORIA DE JESUS E VERA QUE O SOFRIMENTO DELE FOI MAIOR. MEU NOME E INGRID : QUERO TE AJUDAR ENTRE EM CONTATO COM MIGO :INGRID2010SP@HOTMAIL.COM

    ResponderExcluir
  26. eduardo vnr todo mundo da minha sala fica me chingando e falao q eu sou o professor banana

    ResponderExcluir
  27. Você pede para a pessoa parar.Ela não para,você conta para sua mãe.Ela não para.Você não dá moral pra ela.Ela não para.Mete o pé!

    ResponderExcluir
  28. sio e um abisurdo isso tem que para de acontece nunca aconteceu comigo mas eu estou aqui para desser que essas pessoas tem que para disso ...

    ResponderExcluir
  29. eu ja fui abusada de bullying pq eu uso aparnho ele parece com uma dentadura e quando eu ia escola com todo me chamava de dentursa, vampira, e outras coisas e muito ruim eu me sentia muito ridiculada por causa dessas pessoas agora eu nao vou mais para a escola com o aparelho e sinto vergonhada
    quem sofre bullying denucie pq isso e muito ruim !!!

    ResponderExcluir
  30. bullying e terrivel , nunca sofre maais ja pediir mtos amgos nessa bricadeiraa !
    brincadeira nada , isso faaz e a cabaar com a vida . Na minha opiniao todo mundo deivida brinca de vida , eu cuido da minha e cada uma cuida da suaa , mto maais faço . Eu acho que quem sofre bullying divia fingiir que num existee que essa historia de ficaar curtindo com a cara doos outra, niguem paga sua conta pra poor defeito ou naoo , a lias nei mesmo quem paga sua conta faaz isso coom vooc , por um pessoa que ñ tem o que faazer vaai te jugaal ññ , jaamais deixe isso aconteceer ! viiu
    beijooos pra vooc's

    ResponderExcluir
  31. Estou fazendo no meu colégio, um trabalho sobre Bullying na escola, quem puder me ajudar, entre em contato comigo: cahmilla02@gmail.com
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  32. Eu já sofri muito bullying,os meninos da minha sala me chamavam de feia,me perseguiam eles queriam bater em mim eu morria de medo e chorava,chorava mais aquilo não parava só depois de um bom tempo eles me deicharam em paz . Mais eu tenho muita raiva deles se eu pudesse eu faria eles sofrerem muito para pagar o que fizeram comigo.
    Tenho certeza que o cara que entrou no colégio e matou aquelas crianças sofreu bullying,porque quem sofre isso no futuro pode se tornar um assassino,pois a raiva pode fazer essa pessoa a fazer muitas besteiras.

    ResponderExcluir
  33. Eu ja fui vitima de bullying quando era criança por ser a mais gordinha da sala me chamavam de 'fril wily ' baleia assacina e outras coisas orriveis ... hoje em dia vejo o mesmo acontecer com meu irmão mais novo ! Mais isso não pode ficar assim bullying e uma coisa seria que as veses leva a pessoa a cometer besteiras !!! Gente quem sabe denuncia ou fala com alguem que pode ajudar vamos acabar com isso !!!

    ResponderExcluir
  34. eu fui vitima de bullying ao 15 anos,
    as meninas da minha sala eram invejosas, e comecaram a falar que eu era puta, prostituda,e que fazia filme porno!!!
    meu deus eu nao acredita que essas pessoas fazia comigo
    chegava chorava. fica dias e dias sem comer, sem ir pra escola. repitir de ano 3 vez.
    nao consiguia ser feliz com outra turma. isso me persegi. nao consigo ser feliz.
    akelas pessoas que consiguiram fazer isso comigo. eles estao na faculdade e trabalhando. e eu mais uma fez tou fazendo 1 ano ainda. era pra eu ta na faculdade..
    perdir muito tempo da minha vida por causa deles.
    agora tento viver minha vidinha. e tentar esquecer o que fizeram comigo..
    e peço a deus ter misericodia das vidas daquela pessoas que acabaram comigo
    e a todos que sofreram bullying..
    meu nome josiane tenho 17 e tou fazendo 1 ano

    se quizer um conselho me add josianepophot@hotmail.com

    ResponderExcluir
  35. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  36. sofri de bullying... As meninas com muita inveja, no começo elas me elogiavam me chamavam de barbie depois elas começaram a me perseguir, me piraçar todo dia era uma ofença uma piadinha me chamava de olivia palito de branquela me abusavam pela minha maneira de ser, pelo meu modo de me vestir..etc tive que mudar de turno na escola, eu não queria mas frequentar a escola me sentia triste.. Até que conversei com outras pessoas que me disseram que eu era bonita e que não era para eu me abater com os comentarios dessas meninas! o bullying é muito ruim, não deixe se abater, levante a cabeça não ligue para o que os outros falam de você. A FINAL DE CONTAS todo mundo fala de tudo se você se arruma os outros falam, se você não se arruma elas também falam, eles sempre vão falar, então RESISTA AO BULLYING levante a cabeça e ame a você primeiramente! Obrigada.

    ResponderExcluir
  37. Bom eu sofri Bulling minha vida inteira...E hoje eu não tenho coragem nem pra erguer a cabeça,eu ando de cabeça abaixada...Mas sei que isso não é certo,eu sei que se eu levantar a cabeça e batalhar pela minha vida eu vou estar sendo vitorioso sobre aqueles que me bataram milhoes de apelidos e xingamentos,fui muitas vezes agrdido..eu tenho problemas emocionais agora depreção,meu pai morreu minha namorada me deixou,mas sobre tudo eu sou feliz por que eu sei que Deus esta comigo e eu sou vitorioso!Com muito amor eu desejo melhoras pra voces hoje eu tenho uma banda e dia 27 vou fazer uma prova pra guarda mirim,(espero passar!) e todos os dias eu vivo tentando sempre o meu melhor...

    ResponderExcluir
  38. ola meu nome e aleksander e eu estou fazendo uma peça sobre o bullying e sei o tanto que e ruim passar por issso pois eu tambem ja sofri bullying na escola na 1 serie me chamavam de carvao cabelo de aço etc

    ResponderExcluir
  39. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  40. BOM MEU NOME É KELYENNY SOU DE MINAS GERAIS,MORO EM GOVERNADOR VALADARES TENHO 14 ANOS E JÁ SOFRI BULLYING.ISSO OCORREU QUANDO EU ESTAVA NA 6 SÉRIE,PESSOAS QUE DIZIAM SER MINHAS AMIGAS,QUE DIZIAM GOSTAR DE MIM NÃO PASSAVAM DE PESSOAS MALDOSAS.LEMBRO BEM QUE EU ME SENTAVA NO FUNDO DA SALA,POR EU ME VESTIR MEIO QUE LOUCA,ME AGREDIAM VERBALMENTE,FISICAMENTE,NESTE ANO JA TINHA PERDIDO TODAS A NOSTAS,JÁ NAO TINHA FORÇA PARA IR A ESCOLA MAIS.FICAVA COM MEDO,CHORAVA.MAS TEVE UM DIA QUE ME BATERAM,ME PEGARAM E ME AVISARAM QUE SE EU FICASSE DE PAPO COM NAMORADO DAS MENINAS IRIAM ME BATER E TALS.MAS CHEGANDO AO FOCO DA HISTORIA.O LANCE FOI QUE FUI CUSPIDA,E AINDA SIM A ESCOLA NAO FEZ NADA,E AINDA FINGIA QUE NADA DAQUILO ESTAVA ACONTECENDO POR VARIAS VEZES FUI RECLAMEI,MAS NADA.RESOLVI COMENTAR COM MINHA MAE POIS JA NAO ESTAVA MAIS AGUENTANDO AQUILO.MINHA MAE FOI ATE A ESCOLA,ME TIROU,E GRAÇAS A DEUS HOJE SOU FELIZ,RETORNEI-ME A ESCOLA ONDE EU JA ESTUDAVA DESDE A 4 SERIE.LA EU REALMENTE SEI QUE TENHO AMIGOS,REALMENTE ME SINTO COM FORÇAS,MINHA MAE NAO LEVOU NINGUEM A PROCESSO.POIS UM DIA DEUS PESA A CONSCIENCIA DA PESSOA,TODOS RIEM ACHAM GRAÇA QUANDO OS AGRESSORES COMEÇAM A AGRIDIR O OUTRO.O PIOR GENTE É QUE MUITOS TEM MEDO COMO EU TIVE.POR FAVOR QUEM SOFRE BULLYING NAO TENHA MEDO DENUNCIA E AJUDE A ACABAR COM ISSO.SE NA TUA ESCOLA OCORRE VA FALE,MAS AJUDEM A QUEM SOFRE COM BULLYING A VENCER ISTO,BULLYING MATA.

    ResponderExcluir
  41. EU GOSTARIA DE DIZER PARA AS PESSOAS QUE SOFREM DE BULLYING NÃO A BAIXAR A CABEÇA E SIM SEGUIR EM FRETE AUQELES QUE NÃO CONSEGUEM PROCURE UM PISCICOLOGO E AS QUE NÃO TEM CONDIÇOES FINACEIRAS PROCURE SUA MÃE SEU PAI E PESSAR PARA A DIRETORA DO COLEGIO EM QUE ESTUDA PARA CHAMAR OS PAIS DESSES ALUNOS E FAZER UMA PALESTRA PARA PAIS E ALUNOS TA SO ISSO QUE TENHO PARA DIZER NÃO SOFRAM
    BJSSSSSSSSS FIQUEM COM DEUS ♥☻♥☻♥☻♥

    ResponderExcluir
  42. tenho um colega da 5seri que sofria Bulling so pq eleera uma menino indefesso os meninas do minha classe batia nele e ele fica calado com medo de apanhar novamnete mais isso ja acabou graças a deus ele e um menino agora bem saudadel e se da bem com td mundo que isso nao acabou em tragedia

    ResponderExcluir
  43. Sofri bullyng 2 anos. o 1 ano foi na 5 serie. eu era nova na cidade e fui estudar em uma escola que tinha muitas pessoas de um nivel bem baixo. Entao eu era ainda meio inocente quanto as outras meninas da minha classe, e elas começaram a me zuar. no começo pra mim elas estavam brincando e nem davam bola, até que foi indo e elas nao se satisfaziam só de ficar insultano, entao elas começaram a bater. era duas meninas. foi indo e indo eu sempre levava uns tapas na cara, uns puzoes de cabelo, aaii uns mileques da minha sala começaram a fazer isso tambem. eu nao falei com os meus pais pq eles nao iriam acreditar, eles achavam que pra alguem dar um tapa em alguem. alguem tinha que ter feito alguma coisa. falava na diretoria da escola, e eles conversavam com os (as) agressores. nao adiatavam nada, eles negavam, e hora que chegava no fim da aula a surra era pior.
    apanhei muito mais muito mesmo sem motivo. 1 ano inteiro. até que eu mudei de escola.

    ResponderExcluir
  44. Oiee , eu estou fazendoo um trabalhoo de classe que fala sobre BULLYING de colega pra colegaa . na minha salaa o BULLYING ee muitoo praticadoo. meus amigoo sofrem com isso , agente vai fazer uma camisaa com a frase : Hoje voç pratica o BULLYING amanha voç e uma vitimaa . ta muitoo massa nosoo trabalhoo. mas quero dizer pra as pessoas que sofrem BULLYING que tem que toma um medidaa dragicaa e isso so vai aconteçer se eles ou elas falarem com os pais
    Um beijoo anonimoo .

    ResponderExcluir
  45. quando eu entrei na escola todos me chamavam de gay por causa do minha aparencia... eu ja reclamei com a coordenadora e já entreguei varios nomes mais nada ainda foi feito.

    ResponderExcluir
  46. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  47. meu nome lele pois sou muito bonita gosto de sair com os meninos de moto, é muito bom, por exemplo: o piaba e muitos outros bofs aiaiai seguuraaa cabrita

    ResponderExcluir
  48. eu tenho um amigo que todos chamam de doido até mesmo sua mãe é trágico!!!!

    ResponderExcluir
  49. eu conheço um garoto que o chamam de GPS (grilo do pau seco) e eu não gostava nada disso pq era seu amigo!!!!

    ResponderExcluir
  50. O BULLYING NÃO PRESTA VAMOS RESPEITAR O OUTRO PORQUE SE FOSSE COM O AGRESSORELE NÃO IA GOSTAR.

    ResponderExcluir
  51. EU CONHEÇO UM AMIGO MEU, QUE SOFRE DE BULLYNG NA SALA DE AULA , ELE TEM 12 ANOS , E NA FILA DAS CARTEIRAS NA SALA TEM 2 COLEGAS QUE SÓ FICAM APELIDANDO E MENTINDO A RESPEITO DELE, E MESMO NA HORA DA AULA ELES FICAM SÓ CONVERSANDO COM ELE E TIRANDO ONDA COM O PAI DELE FICA DIZENDO QUE O PAI DELE E FEIO E OS OUTROS COMEÇAM A RIR , TEM UM COLEGA QUE ESTUDOU COM A MÃE DELE , E ESSE MESMO COLEGA É FILHO DA PROFESSORA DE PORTUGUES O QUE ELE DEVE FAZER ??????

    ResponderExcluir
  52. eu eatou fazendo um livro quem querer mincontar uma historia e só mandar um i-mail para wenders30@hotmail.com

    ResponderExcluir
  53. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  54. ola! meu nome é Ana Laura e tenho 10 anos.Na minha sala me chamavam de cabeça de melancia eu falava com a professora mas nao adiantava eles continuavam mas um dia eu dei um tapa tão forte nesse menino q ele nunca mais falo!

    ResponderExcluir
  55. ola meu nome é ana laura e ano passado eu tinha um professor de educação fisica q me chamava de gnomo,isso me deixava muito chateada pq ele falava no meio de todo mundo.
    um dia minha mae falo pra professora e ela falo com ele.
    ele nunca mais fez isso!

    ResponderExcluir
  56. Meu nome é justiliana, sou estudante de Direito, recentemente fui a uma locadora e vi um filme chamado bullying que chamou bastante minha atenção, é horrível o fato de uma pessoa se divertir com o sofrimento do outro, a agonia nos olhos de quem esta sofrendo, levando a vítima a se matar por não aguentar mais a humilhação, mas também devemos observar que esse fato vem crescendo cada vez mais porque poucas pessoas denunciam, as próprias vítimas se calam por medo, muitas vezes por se sentirem culpados ou até mesmo por vergonha de expor a situação e deve ser analisado também o fato de que o agressor também precisa de tratamento psicológico, pois uma pessoa que gosta de ver a outra sentido dor, sofrendo, sente prazer nisso, não é uma pessoa normal, o agressor tem algum distúrbio, trauma, recentemente li sobre o caso de uma jovem chamada Alyssa Bustamante estrangulou uma criança afirmando que "queria saber como se sentiria matando alguém" e escreve em seu diário que após se sentir horrível foi prazeroso, a jovem foi condenada a prisão perpetua, com possibilidade de liberdade condicional, mas analisando o caso, não apenas nos termos jurídicos percebe-se que a jovem precisa de tratamento, existe uma enorme diferença entre agredir alguém para um assalto, algum objetivo futuro como herdar uma herança, etc. E o fato de agredir por agredir, sem razão ou motivo algum. Para combater o bullying devermos denunciar e não nos calar, tentar ajudar e não criticar.

    ResponderExcluir
  57. io galira to fazendos uns trabaio e to aim te der comintarios fluw, me mandi on i-mail g.sad1@hotmail.com

    ResponderExcluir
  58. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  59. pois todos devemos inginora pq isso nao se brinca . Bullying e coisa seria ...

    ResponderExcluir
  60. estou fazendo uma palestra na minha escola e issoa esta me ajundando a perceber que o bullying nao da em nada e pra mim nao e uma brincadeira e algo serio

    ResponderExcluir
  61. Eu não estava entendendo o conteúdo na escola. Eu tinha medo de perguntar pois iam rir de mim.Um dia a professora passou uma tarefa do conteúdo que eu estava com dúvidas. Acabei resolvendo tudo errado.Ela pediu que eu copiasse a conta no quadro para que ela pudesse corrigir.Quando eu escrevi no quadro, todo mundo começou a me chamar de burra, idiota e analfabeta. Fiquei muito chateada com essa situação. Oque vcs acham disso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que são um bando de idiotas.
      Que ao invés de sacanearem alguém por um prazer mórbido de ver aquela pessoa sofrer, poderiam tomar a iniciativa de te ajudar na sua dificuldade.

      Excluir
    2. Não tem nada haver , nunca leve suas dúvidas para casa , pergunte antes que seja tarde de mais . Não tenha medo se te chamarem de burra , ou de qualquer outro apelido . Siga em frente , e mesmo que não tenha dúvidas , fale ao professor que tem , aí você pode ficar mais sabida e mostrar pra eles o que é ser burro . Mais se eles continuarem , não desista pois se você é burra , eles são cavalos .

      Excluir
  62. Olá sou Ana Carolina na 8° série eu sofri bullyng
    era dificil entender por que aconteceu isso com migo, eu era uma garota patricinha eu tentava umilhar os outro más no fundo eu era umilhada,
    afinal todos me odiavam dava de perceber tudo a cara deles um menino q mora em frente de minha casa estudava com migo eu pensava que ele era o meu amigo, mas eu estava dormindo, e também eles me batiam tentando demontrar q era uma brincadeira mas quandoabri os olho e acordei pensei bem e disse pra mim mesma eu sofro bullyng depois de uns dois meses eu estava com caspa no couro cabeludo eu coçava a cabeça, até a professora me disse se eu estava com piolho eu respondi ñ é caspa ai depois na prova de matematica fomos pro recreio ai todos os meus amigos na verdade inimigos estavam lá perto da quadra dando risada de mim mas eles não queriam falar a Cleide uma menina da minha sala que se acha a machona q bate em todo mundo não gosto dela d jeito nenhum , ai ela estva coxixando no ouvido deles falando piolho ula ela só falou pros outros pra mim não ai eu disse vcs estão falando d mim num é ai ela disse não eu falei estão sim ela gritou auto dimais só pra mim ser umilhada PIOLHO PULA eu sai chorando por q a menina chegou perto de mim e o idota do luan disse sai dai beatris piolho pula ai fui pra sala chorei e depois fui na diretoria disse pro cordenador pra ele tomar providencias sobre os idiota hoje eu ainda estudo com eles más quero mudar de sala dai eu vou soutar fogos rezar rezar e rezar e quero q alguem me entenda de vardade eu sou do programa garotas. com sou Carol Bin de rondonopolis mt obrigado

    ResponderExcluir
  63. Oi gente, eu também sofri bullying (ainda sofro, mas um pouco menos que antes), só lhes dou um conselho: levantem a cabeça digam aos invejosos fuck you, e façam coisas que vcs se sintam bem. por exemplo eu escrevo o que sinto, desenho... Mas enfim eu sei que todos que sofrem com isso, são melhores, sabe por que?
    Porque vcs são lindos e farão acontecer, então levantem a cabeça e sejam felizes, deixem essas cobras morrerem com seu próprio veneno, vcs são mt mais.Não se abalem e sejam mais fortes do que vcs já são, bjs

    ResponderExcluir
  64. comheço uma menina da mimha sala do 5 ano a que sovreu cyberbullyng nome de la era bruna a menina sovria pela net la na mimha sala timhas umas meninas que xigava ela pala internete bruna comtou aus pais os pais falaro com diretor da escola os pais da menina ia denucia as colegas sorte que uma professora do ano passado sauvou as meninas que fiserao cyberbullyng com bruna elas pidirao perdao a menina e sao amigas nao discunten pela emternet agora ela viver en paz

    ResponderExcluir
  65. Primeiramente, parabéns pelo site e pela iniciativa. EU NOME É CLAUDIO, ESTOU ESCREVENDO UM LIVRO SOBRE BULLY, E ESTOU PESQUISANDO SOBRE O ASSUNTO NA INTERNET. GOSTARIA DE SABER SE POSSO DIVULGAR O SEU SITE NO MEU LIVRO, INCLUSIVE alguns COMENTÁRIOS. PARA UMA AFIRMATIVA, POR FAVOR me ENVIAR AUTORIZAÇÃO PARA MEU EMAIL claudiogel@hotmail.com

    Obrigado e parabéns pela iniciativa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cláudio será uma verdadeira honra! Autorizo o uso e a divulgação do conteúdo do blog nas suas obras autorais.

      Excluir
  66. Quando eu tinha 6 anos sofri bullying pois era gordinha :( chorava muito! Até as minhas "amigas" faziam isso comigo, e só pararam porque eu pedi chorando!Fiz 11 anos e resolvi fazer uma dieta :)perdi 15 kg e agora tenho 13 anos e estou com o mesmo peso! Mas continuo sofrendo bullying, continuo sendo chamada de gordinha! Sou humilhada na frente de todos! Não consegui suportar as piadinhas e parei de comer, até que um dia passei muito mal (desmaiei) minha mãe me levou no médico e ele disse que pelo motivo de eu não estar comendo, meu estômago ficou pequeno e de qualquer forma não sentiria fome, e o único jeito era me forçar a comer! Agora minha mãe está me enchendo de comida (claro que moderadamente para não engordar)e estou tentando me recuperar! Mas não consigo me livrar do bullying!

    ResponderExcluir
  67. la no colégio tem uma professora chamada Letícia Andrade ela fica ameaçando a todos os alunos se nós falarmos alguma coisa pra diretora e se nós falarmos ela disse que quem falar vai se ferrar com ela

    ResponderExcluir
  68. Ontem eu te amei, hoje eu te amo, amanhã e SEMPRE vou te amar!

    ResponderExcluir
  69. Bom desde sempre nunca tive amigos
    e até hj n tenho ,quase todo dia eu choro por que os garotos zoam muito comigo,na hora do recreio e sala;me chaman de feia,burra,cachorro louco,eu pensava que no recreio ia sucegar mas nem isso eles zoam ,jogam as coisas em min
    e me excluiam do grupo por ser burra e feia como eles dizem,hj meu sonho é ser uma cantora inglesa,queria mudar de escola mas to na 7 série e tem mas um ano de sofrimento ,eu comecei a usar bone pra me sentir bem ,mas eles zoam queria que isso acaba-ce ,é duro fazer trabalho em grupo ,gosto mas de individual
    ninguem me entende ,nem minha mae
    eu espero realizar meu sonho

    ResponderExcluir
  70. Infelizmente eu achei que o bullyng já tinha desaparecido da minha vida, quando você cresce , tem uma profissão , tem um outro ritmo de vida as coisas parecem que vão mudar e ser diferentes, por mais que os reflexos daquilo que você sofreu anteriormente sejam como feridas que nunca cicatrizam, você tenta seguir a sua vida em paz. Mas infelizmente se assusta quando em um momento e em uma época aonde você não espera que uma coisa destas vá acontecer você é novamente ofendido e humilhado. Esses infelizes conseguiram destruir o meu natal , porque eu estava feliz , pensando nas coisas boas que eu tinha conseguido esse ano , mas os desgraçados e malditos agressores parecem uns demônios que surgem do inferno pra te atazanar e te deprimir , porque? que prazer esses seres imundos tem em ofender alguém, eles se acham melhores , o que motiva alguém a importunar alguém que está quieto no seu canto, infelizmente não gostaria de nessa data aonde deveria estar mais sintonizado com pensamentos e sentimentos positivos estar desejando algo assim, mas eu queria muito que esses caras sofressem muito, tivessem uma morte horrível cheia de dor , mas antes fossem muito humilhados. Peço perdão aos amigos, no fundo eu penso que não adianta desejar mal a essas pessoas, pois elas devem ser muito amarguradas e infelizes pra fazer algo assim , mas não posso negar o quanto me feriu isso e principalmente nessa época.

    ResponderExcluir
  71. Sempre sofri bullyng. Quando eu era pequena, saia na rua com minha mãe e os conhecidos dela diziam: "Nossa, cresceu sua filha, ta fortinha", e para bom entendedor meia palavra basta! Depois começou o tempo de escola, até a terceira série me dei bem com todo mundo, só que na quarta série começou o tormento. Passei a vida toda nesse colégio até a oitava série (hoje estou em outro colégio no 1º ano). Eu era a única gorda da minha sala, não sou obesa, nem muito muito gorda, mas sou gorda pra minha idade. Meus colegas de classe me apelidaram de "gorda", não me chamavam de baleia nem nada, era só "gorda". Na rua, em todo lugar que eu os via, era sempre "gorda". Cadê a gorda? Hoje vai pra onde gorda? Eaí gorda?! Sempre assim. Eu nunca mostrei me importar, sempre fui valentona, dava resposta, brigava, uma vez até saí no tapa com uma amiga por causa disso. Na quinta série, estudei com o mesmo pessoal desde a alfabetização, e o apelido continuava. Engraçado que tinha um menino gordo, tipo, obeso na minha sala e ninguém perturbava ele, acho que é só com garotas mesmo.. Enfim, eu repeti de ano na quinta série, por causa de comportamento ruim na sala de aula, no estudo nem se fala. Então no mesmo colégio fiz a segunda vez a quinta série, encontrei amigos de verdade, engraçado que todos, todos os meus colegas de sala viraram meus amigos, absolutamente ninguém me chamava de gorda, NINGUÉM! E ali eu realmente me achei em casa, passei a tirar boas notas, e a apresentar um bom comportamento. Com o tempo alguns foram saindo da escola, fui perdendo o contato, mas até a oitava continuei na mesma escola com os mesmos amigos, no total 14. Agora em 2013 passei pro ensino médio, e nos nos separamos, deles só restaram 3, e um primo meu, e também uma garota que estudou comigo na quinta série. Até ai tudo bem, fomos pra mesma escola este ano, na cidade vizinha. Na primeira semana foi tudo ótimo, amei a escola e passei a pensar: "Graças a Deus não mexeram comigo até hoje, que continue assim". Me enturmei com a maioria da sala, que tem 29 alunos comigo. Mas depois começou a perturbação. Tenho uma professora de matemática, que também é gorda, e dois colegas disseram que pareço com ela, sem maldade. Eu concordei e disse: "É, pareço mesmo rs" Acho que isso só deu ousadia, e quando eles me vêem no primeiro momento me chamam pelo nome da professora. Pode ser que as pessoas pensei que sou dramática, que isso é besteira... Mas não é, de tanto eles brincarem comigo me chamando pelo nome da professora, alguns outros colegas de sala me chamam assim também, só que ao em vez deles falaram "Oi fulana(nome da professora)" Eles falam "Oi fulana(nome da professora), Oh não, é fulana(meu nome) e só isso. E um deles deixou escapar o fato deu parecer com a professora e um menino do terceiro ano ouviu, e quando me vê diz "Olha fulana (nome da professora) risos. Mas foi só dois dias, uma vez ele viu minha tia falando comigo na escola e parou de falar, e também arranjou uma namorada por lá e parece que felizmente esqueceu de me perturbar. As vezes quando me chamam pelo nome da professora, eu digo: Eaí fulano (um apelido engraçado), e continuo "Você parece fulano(outro apelido), mas só quando eles falam comigo. Eu sei que parece não ser muita coisa, mas eu me sinto mal com isso, eu sempre quero tomar iniciativa de emagrecer, fui pra academia, mas sempre perco o ritmo. Mas agora, li algumas coisas na internet que me fizeram refletir, não devo dar importância pra esses merdas, eles que falem, eu passei a vida toda ignorando, xingando, revidando a eles e porque agora eu não posso revidar? Porque só agora eu tenho que ser frágil? Porque só agora eu choro com isso? Porque só agora peço a deus dia e noite pra que não sofra mais? É, nem eu mesma entendo. Mas eu não vou dar mais importância, vou ficar na minha, quando eles mexerem comigo, eu vou revidar, e se alguém se ousar pro meu lado eu procuro falar com um responsável na escola!

    ResponderExcluir
  72. Meu nome é Juliana, e minha melhor amiga sofreu essa violência chamada Bullyng,eu sou da raça branca, e não tive e nunca vou ter preconceito. Ela é negra, cabelos crespo, bem diferente de mim . Mais teve um dia que foi o meu aniversário, isso aconteceu há 2 anos, quando eu tava na 05ª série. Eu iria realizar essa festa no meu colégio, e minha amiga me deu um presente. Eu fui errada de abrir na frente de todos, mais estava ansiosa para ver o que era. Quando eu abrir, tinha uma boneca da cor dela e estava sem roupa, apenas a boneca. Momento algum eu xinguei o presente dela, muito pelo contrário! Eu agradeci! O que houve foi que minhas primas que estudam na mesma escola que eu, por serem "brancas" começaram a dizer que minha amiga é uma pobre, e que não tem o que comer. Eu perguntei porque elas falaram aquilo, mais elas disseram que foi porque obviamente me deu uma boneca de aparência usada. Eu disse que não ligava, e que pelomenos ela me deu presente , já as minhas primas não . Então , 2 dias depois no acontecimento , minhas primas se encontraram com minha amiga num corredor de uma biblioteca na minha sala , e deu um bilhete a ela dizendo que iriam bater nela em um horário vago , depois da saída de algum professor por ela ser negra de pobre. Ela falou com a mãe dela mais mesmo assim a mãe dela não denuciou e deixou ela estudando na mesma escola . Mais ninguém beteu nela , apenas xingaram e foram racistas . Desde então ela está a morar com a sua avó , não se sabe mais notícias dela . Não importa se a pessoa é negro , pobre , branco , rico ... O que importa é seu valor , se você já foi descriminado , ou conhece alguém que já foi , denucie ! Eu não pude fazer isso pois quem estava em jogo eram as minhas primas , mais eu me arrependo até hoje !

    ResponderExcluir
  73. Nossa eu nunca vi um blog como esse,é muito bom, e também tem muitos relatos que vou pegar para meu trabalho...

    ResponderExcluir
  74. pode atee parecer que nao mais eu sofro de bullyng por meus colegas mim chamar de seca E EU NAO GOOSTO !
    mim chamam de olivia palito de tabua
    so que eu ja tentei avisar p direitor e ele nao fez nada
    as vezes bato neles para eles paraar de fazer
    ja chegei a tomar remedio p engordar
    fui muito humilhada
    gente nao chigem ninguem por que no fundo ninguem goosta

    ResponderExcluir
  75. olá meu nome é camila sofro bulling desde criança. qdo criança tive problemas respiratoria oq me fez respirar pela boca e isso fez com que minha mandibula fosse indo e indo pra frente e meu maxilar foi deformando enfim fikei horrivel. fui atraz da solução do meu problema o dentista e uso aparelho por 8 anos e no final das contas não resolveu meu problema ai descubro q tenho que fazer uma cirurgia bucomaxilo facial mais é muito cara o lugar mais em conta que encontrei era 40 mil se fosse a vista. não tenho td esse dinheiro então continuo sofrendo com as ofensas até hj completei 19 anos em junho e nada mudou é sempre assim sou humilhada por pessoas q conheço a até as que não conheço sem mais nem menos ó pelo fato de ser feia parece que isso incomoda as pessoas até o pai do meu ex tem preconceito comigo disse que beleza é importante e que eu n servia pra ser namorada do filho dele q ele tinha que namorar alguém bonita, n consigo sair na rua, n consigo trabalhar nem estudar quero fazer minha faculdade mais tenho muito medo de ser humilhada e sei que isso vai aconteer. qdo vi que meu problema n tinha uma solução facil entrei em estado de chock não parava de chora fikei sem chão vi que a unica esperança q eu tinha de fikar bonita e de ter um sorriso normal não ia funcionar pq o aparelho só não resolvia mais meu problema e eu teria q fazer a cirurgia se quisesse fikar com o sorriso normal e só de pensar que se minha mãe não tivesse deixado de me levar no medico constantemente e se preocupa se com minha saude eu teria resolvido meu problema antes que ele virasse uma bola de neve afinal eu só precisava retirar as amigdalas mais ela não ligou nem correu atras pra me levar no medico pra saber o pq eu respirava pela boca e deixou o tempo passar até pq não era com ela então pra ela tanto faz hj sofro com isso até hj enquanto ela foi onita e viveu a vida dela sem preconceito afinal ela só teve elogios até hj falam nossa sua mãe é onita e tals e eu.. eu sou feia e ridicularizada por todos ao meu redor td por causa da irresponsabilidade de meus pais com a minha saude.

    ResponderExcluir
  76. é meu nome é bruna é já sofri muito com o Bullying chorava muito pq eu ñ tilha o respeito dos meus colegas mim chamavam de frexo de mola é mim chamram de bruna burra telho muito medo muito mesmo

    ResponderExcluir
  77. Eu estou sofrendo muito, minha vida não tá fácil, ja tinha 4 anos que não passava por isso, mais não sei por que eles resolveram pegar no meu pé 3 colegas de classe dizem coisas do Tipo "odeio gorda porque gorda só fala gordisse" tá não tem nada haver essa frase mais machuca bastante !

    ResponderExcluir
  78. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  79. Oi, tenho 14 anos e sofri bullyng por motivos bem toscos. Quando pequena meu cabelo era tipo cacheado/crespo e eu fazia o estilo nerd da turma. Eu tentava me enturmar com as meninas da minha sala mais nunca dava certo, eu era sempre xingada de “cabelo de tuim”, “feia”, “caveira”, “medusa”, “nerd” e outros apelidos que eu não lembro, então eu fui ficando bem triste, a minha alto-estima abaixou e toda vez que me olhava no espelho tinha vontade de quebra-lo, não me aceitava!
    Eu não tinha muitos amigos, era muito solitária, vivia meu próprio mundo, eu era diferente de todas as garotas da sala, enquanto elas falavam de um garoto bonitinho da sala mais velha, da Barbie nova que foi lançada e da maquiagem que tinham ganhado, eu me interessava por soltar papagaios, brincar de power ranger, subir nas árvores no quintal da minha vó e jogar conter strike com os meninos da lanhou-se do meu pai. Eu me dava melhor com as outras crianças, mais as meninas da minha sala não me dava bem de jeito nem um, eu implorava pra sair da escola, mais minha não me tirava, e então eu tive que aguentar os xingamentos e implicância.
    Um dia descobriram que eu tinha medo de aranha, e tiveram a brilhante ideia de comprar uma aranha de brinquedo e colocar dentro da minha bolsa durante o intervalo, graças a Deus um amigo meu descobriu e impediu a brincadeira, me contou tudo e eu contei a minha mãe e ela foi até a escola fazer um mega barraco. Beleza, não compraram a aranha, mais o bullying não acabou, eu ganhei o “adorável” apelido de estranha e doente mentalica (isso mesmo, mentalica), e isso foi a gota d’água, eu entrei em uma pre-depressão, precisei ir ao psicólogo (não resolveu muito).
    Então eu cansei de ser aquela nerd de sempre, resolvi mudar e comecei com o cabelo, durante as férias alizei ele, comprei um monte de maquiagens e roupas de grife, e passei a visitar frequentemente blogs de moda, quando as aulas voltaram eu era tipo uma nova pessoa, mais ainda continuava me sentindo um lixo. Com a mudança, eu passei a seu um pouco mais sociável na sala, e comecei a andar com as populares do colégio, um delas havia praticado bullying comigo na infância. Mais apesar de andar com a galera popular, eu não sou popular, tudo porque com o bullyng que eu sofri eu fiquei insegura e muito tímida e isso acaba afastanto as pessoas.
    Agora estou no ensino médio, ainda continuo estudanto no mesmo colégio, e acho que a minha amizade com as meninas estar por um fio, já que elas são populares e eu não isso acaba abalando um pouco as coisas, já que na maioria dos assuntos eu sobro por não conhecer a pessoa de quem elas tão falando.
    No fundo eu não mudei por completo, mudei tipo 60%, no fundo eu ainda sou aquela nerd de 8 anos.
    Sofrer Bullyng é horrível, pois mesmo que as ameaças e apelidos acabem, você fica traumatizado com aquilo pra sempre. Quer queira que não, algo muda em você, você meio que não se aceita mais do jeito que é, e não tem psicólogo, psiquiatra ou psicanalista que cure por completo um trauma do bullying, ele pode te tirar da depressão com uns remedinhos, ou te fazer se sentir melhor com uma conversa, mais você ainda vai ficar com um pouco de trauma. Tem gente que da a volta por cima (ótimo!), mais tem gente que não, eu por exemplo, eu não me sinto bem comigo mesma, me sinto feia, e sou super insegura e tímida, já fui pra vários psicólogos mais não adianta nada.
    Considero o bullyng a pior forma de violência que existe, pois ele deixa marcas pro resto da vida, eu não sei mais ser eu mesma. Ou até sei, mais escondo de todo mundo. Eu estou cansada de ficar encenando alguém que eu não sou todo dia, só pra tentar ser aceita pela sociedade. A escola é como se fosse um palco de teatro, e todo dia eu enceno a minha personagem, só que isso cansa, às vezes eu só quero ser eu mesma, mais tenho medo do resultado então prefiro da continuidade ao meu teatro torturante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi eu tenho 14 anos ;eu estava com meus amigos chutando uma garrafa brincando de bola dai a eu chutei a garrafa e bateu em outro amigo meu e dai ele veio e bateu em mim eu corri para a sala, deu socos , ponta-pés e pegou no meu pescoço que eu ate fiquei sem ar dai me seguraram para ele bater , mas algumas pessoas viram e me ajudaram ! nisso tinha derrubado o lixeiro , a diretora me botou para casa e mandou eu pegar o lixo ! dai tudo bem mas ela mandou eu pegar sozinho e com as mãos ai eu disse que não iria pegar e fui embora para casa , ganhei um suspensão e ainda sai todo sujo de sangue e o outro cara porque os pais tem uma condição de vida boa não teve nada com ele .

      Excluir